Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Junho, 2011

A sintonia!

Passados dois dias das eleições, debruço-me agora sobre os seus resultados!Perante tamanha abstenção, nem vale a pena referir o descontentamento dos portugueses e que optam, assim, por não irem votar!Na minha opinião, é um erro!O voto é um dever cívico…Sinceramente, não votar e criticar mais tarde não combinam mesmo nada!Nem tem sentido quem toma tal atitude. Mesmo não acreditando nos políticos, há sempre maneira de demonstrar nas urnas todo o nosso descontentamente!Alhear disto, é desproteger a democracia…independentemente de todas as suas perversidades! 

Sempre fui da opinião de que deveria haver um governo amplo que integrasse todos os partidos políticos e figuras destacadas da nossa sociedade. A esquerda radical optou claramente por um rumo de ruptura. A reeestruturação da dívida que é como quem diz, não pagá-la!Deitar, definitivamente o nome de Portugal na lama…Como se tivéssemos capacidade para produzir riqueza com esta mentalidade mesquinha e vaidosa!

A AD é um mal menor, na minha opinião. Não é uma maioria de um só partido.Obriga a negociação e sempre podemos, pelo momento que estamos a viver, lutar pelos nosso ideais em busca de um país melhor!

 

Read Full Post »

Tenho reiterado esta minha opinião. O país precisava de um governo de unidade nacional!Cumprir o que foi estipulado no acordo com a troika precisa de um governo forte, unido e dialogante!Ao haver oposição, o espaço lamacento está traçado e é lá que o país vai ficar durante algum tempo!Talvez a experiência da Argentina pudesse reavivar certas mentes, mas não vai ser possível. Pela amostra do que está a ser esta campanha eleitoral, continuar uma oposição férrea e bastante controladora das vontades de um governo, com ódios de parte a parte, só temos que cumprir, em cada dia, com as obrigações que nos estão destinadas. Isto porque o folclore vai continuar.Ou, então, que se mudem as lideranças!

Se o PSD estiver no governo sem maioria ou mesmo com maioria com o CDS, é de aguardar uma forte movimentação das ruas e dos sindicatos, com estreita colaboração dos partidos de esquerda, aos quais se vai juntar o PS, se mantiver a actual liderança.Não sou defensor de maiorias absolutas!Detesto-as!Não que elas não pudessem existir…Simplesmente porque os políticos acham que isso foi um cheque em branco passado pelo povo para fazerem o que lhes apetece.Quando não é bem assim!Acredito em representantes do povo que deveriam ter horários para visitarem o terreno e sentirem todas as semanas as angústias das pessoas. Infelizmente, para muitos, ir para o parlamento não passa de um trampolim para tratarem das suas vidinhas!

Read Full Post »