Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Setembro, 2011

Desespero oposicional.

Ponham um processo ao homem…Vasculhem as contas…Descubram para onde foi o dinheiro…Condenem quem têm de condenar…Responsabilizem quem têm de responsabilizar…Mas é um nojo ver pessoas que ainda não há muito estavam no poder ( que levaram o país a outro buraco) e que,  na altura, assobiavam para o lado com as contas públicas na bancarrota…As contas das empresas públicas eram irrelevantes…Os investimentos eram bem feitos, mesmo não havendo dinheiro…E os responsáveis do continente vão estudar fora para o merecido descanso…Como, de repente, tudo muda! Típico de quem é fundamentalista na opinião!Para mim…políticos…são todos iguais…e é-me indiferente a cor!

Anúncios

Read Full Post »

Os plebeus.

Ao fundo de um caminho alcatroado, por onde passam os “topos de gama” desta vida, não há ninguém que responda, através dos vidros fumados, aos acenos dos camponeses que labutam de sol a sol para garantir a sobrevivência. Os sorrisos amarelos que aquela gente expira rareiam tanto como o oxigénio no ecossistema lunático…Não estão habituados a sorrisos brancos e saudáveis…destilam algo que não se define sem pensar muitas vezes…E nem sorrisos amarelos para alegrar, como resposta, um cumprimento generoso…Vivem muito tempo na concha, num azedume constante, como se a vida não tivesse nada para contar! Como se a vida fosse o frio a atravessar as quatro estações. A sopa da manhã ou o azeite no pão faziam as delícias, hoje, de sentidos gastronómicos…de vidas felizes e de uma harmonia sem par!A faina ao sol da tarde, quando acaba, motiva sorrisos do dever cumprido e uma alegria contagiante… de um espírito carregado de boas vontades…de uma glória baseada no saber viver bem com tão pouco!Pelo menos, ser feliz!Eles acenam a cada “topo de gama” que passa…Usam “pasteleiras” dos tempos modernos e estão resignados ao que têm…Mas não ambicionam derrubar ninguém para alcançar algo!Não cobiçam porque sabem que a moralidade é um bem precioso!Apenas querem paz e sossego! Apenas querem alguém com quem partilhar a felicidade!Num mundo tão grande…Numa vida curta…O sumo de um citrino, bem espremido, dá conta da sede de muitas pessoas…Uma gota é uma tempestade na secura de qualquer um!

Read Full Post »

Os fantasmas.

Se bem me lembro dos meus tempos de criança, havia muitas coisas que me punham de cabelos em pé…Era um castigo para adormecer ao pensar nas inúmeras criaturas que sobrevoavam o espaço sideral do meu pequeno quarto, mas acolhedor… Personagens do fantástico que se faziam aterrorizar aos meus pensamentos… Nem um cobertor que me tapava os olhos fazia com que ganhasse paz para o meu sono tranquilo…Contar carneirinhos nunca foi uma prática eficaz no meu caso…Quando ia na rua, mesmo que acompanhado, ficava sempre com a pulga atrás da orelha, imaginava que alguém presenciava os meus passos e invadia a minha mente, deixando-me sempre em sobressalto…Não sei, esperava pelo crescimento…queria envelhecer rapidamente!E sempre que via um filme…Pronto! Estava o caldo entornado…tinha ali matéria para umas três noites mal dormidas!Nunca relatei os meus medos a ninguém…tinha medo de ser lamechas!O tempo foi passando à medida que decorriam os meus aniversários!Fui combatendo com determinação a invasão marciana que amedrontava o virar de cada ano…E sempre me fui safando dos temores e dos pesadelos!Nos dias de hoje, vou caçando os meus fantasmas! Se o país, em crise, caça fantasmas que toda a gente conhece…Eu vou tratando de os engavetar, em compartimentos minúsculos, para que os possa soltar na noite longínqua…Para que se possam juntar às estrelas e eu possa dizer…Estou livre!

Read Full Post »

Feito de madeira…

Escrevi e volto a escrever. Cuidado com o que se diz da Madeira…essas coisas de não pago nem mais um tostão para a Madeira e por aí fora!Se os alemães decidirem fazer o mesmo relativamente aos portugueses…Nem para a Madeira, nem para nós!Na Madeira fez-se o mesmo que foi feito no continente! Gastar sem ter um chavo!Continuo na mesma, responsabilizar esta malta que tem andado na brincadeira com os euros do povo!Mas coloco a questão neste ponto mesmo. Se os outros estão a ser solidários connosco ( lembram-se do terramoto que foi quando a Finlândia queria recusar o apoio a Portugal? Até fizeram vídeos patrióticos…), há alguma razão para não o sermos com o povo madeirense? Quanto aos políticos…tribunal com quem é responsável por estas gestões ruinosas!

Solidariedade nacional só quando a Madeira cumprir.

Nota: Mas não deixa de ser curioso que a gestão ruinosa na Madeira não tenha o mesmo significado da gestão ruinosa no continente!

Read Full Post »

Uma dúvida…

Lisboa está para o Funchal como Berlim está para Lisboa!Será que se pode criticar a Sra. Merkel e, ao mesmo tempo, criticar o AJJ? Se esta festa fosse de tabuleiros, havia muitos para distribuir!Muitos nem saberiam em qual deles se posicionar…Outros, trocariam com os mesmos em andamento…Mais uns tantos, entrariam a meio da procissão…A Madeira é um caso para análise psicanalista…Mais uma vez, não há responsáveis! Sobram os abutres para fazerem o enterro do assunto, como sempre, assobiando para o lado e assumindo que nada de nada se passou!Os tribunais arrastam-se em processos menores porque o estado faz de conta que está cheio de poder…A diferença é que é muito fácil exercer o poder sobre os mais frágeis! Mas há muitos heróis que facilmente se transformariam em donzelas ofendidas!Soubessem accionar as suas responsabilidades e veriam se o céu não ficaria mais limpo!

Agora, não tenho dúvidas que os finlandeses e os alemães, quando defendem os seus interesses, não estão a fazer mais que o esboço normal perante tamanha falta de gestão de contas públicas!Será que se deve compreender  a Madeira?Os madeirenses estão à margem disto, como estão todos os portugueses, ao terem sido levados para o pântano por políticos sem calibre para se sentarem nos cadeirões que lhes tem servido de encosto ao longo de décadas!

Partidos unânimes em considerar “grave” a situação da Madeira.

Read Full Post »

Há garantias disso?

Depois de tantos anos…30?35? Sempre a ouvir os mesmo contos, as mesmas histórias vindas dos contadores de serviço…Gostava de ter um lugarzinho no hemiciclo…Parece que ganhava alento para o futuro, passaria a ver tudo de uma forma mais risonha, mais transparente, cheio de claridade! Seria fantástico!Todos entram num mundo paralelo, distante da realidade! Quando de lá saem, têm de vir com um subsídio de reintegração! Pudera! Como aguentariam eles neste pântano que é a vida real, sem a caridadezinha do estado? Mas o que quero evocar aqui é a garantia! Quando algum se mexe para invocar a garantia fico logo de cabelos em pé! Quando aclamam a garantia, desconfio! Isto porque fui ouvindo e vendo o contrário de tudo quanto era dito…E assim continua! Se alguém tem necessidade de vir dizer que algo está garantido, é como a esmola, se é grande, o pobre desconfia…Aqui, se é preciso tranquilizar, o povo desconfia! Se queres tranquilizar é porque algo se passa…Há um fumo que traz fogo!Eu, por mim, fico assim assim…Mas sei que não posso fazer nada…ou então, começar a guardar o dinheiro debaixo do colchão…E como os antigos estavam cheios de razão!

“Os depósitos dos portugueses estão totalmente garantidos“.

Read Full Post »

Está bom de ouvir.

A voz inconfundível de Patti Smith!

Read Full Post »

Older Posts »