Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Escola’

Para mim é uma crónica!Um excelente texto de Paulo Guinote no seu blogue A Educação do Meu Umbigo!Está lá a razão de uma educação completamente estilhaçada pelos responsáveis deste país!Um país que maltrata os seus professores, que em lugar de lhes dar as melhores condições de trabalho, retira-as a bordo de uma qualquer demagogia, que se confunde, muitas vezes, com invejas e maldades de quem propõe e dispõe!Eu não tenho dúvidas da condição dos professores nos últimos anos: marionetas nas mãos de diversas equipas nos corredores do Ministério de Educação (não importa a cor política); marionetas nas mãos de directores regionais; marionetas nas mãos de centros de área educativa ou de delegações regionais( todos entretanto extintos); marionetas nas mãos de presumíveis aspirantes a políticos ou a algo que se relacione com isso. Daí que sejam enxovalhados até por colegas que se vão esquecendo, entretanto do caminho percorrido e que não se lembram de como se dá aulas!O abismo chegou às escolas e de lá não vão sair nas próximas décadas!Mas espero que os professores acenem, nessa altura, com tudo o que se vai passando nos dias de hoje para que se defendam, claramente, dos mesmos que lhes vão apontar os dedos, em tom mais que acusatório de todos os males, aqueles que sempre se esquivam das suas responsabilidades!Por tudo isto, merece ser lido!

A Educação Vende.

Read Full Post »

Agora é a fruta…

Não é só a Câmara de Matosinhos…Há outras que estão a fornecer fruta a todos os alunos seguindo o Programa que quer fomentar os hábitos de alimentação saudável…O que se coloca aqui é uma forte subversão das competências do estado e as competências das famílias.Convenhamos, pelo que vejo, são os mais pobres que mandam comidas achocolatadas para os seus filhos. Dá que pensar? Dá!A escola é que tem de se preocupar com a alimentação saudável!Depois, há o peso do estado social!Este programa, na minha opinião, é um autêntico fracasso nos pressupostos nele implementados.O estado não tem que gerir a alimentação dos outros…A escola pode informar e tentar sensibilizar as crianças para esses hábitos, mas não pode, nem deve ser obrigada a distribuir a fruta para que esse fim seja alcançado…Até porque são os pais que devem ser educados para esse conceito!Estar a sensibilizar as crianças, para que as medidas não se traduzam em casa, é mesmo de quem só pretende fazer “bonito”…E está clara a intenção, distribua-se fruta e faça-se a propaganda bonita, como está a ser feita!

Por outro lado, em tempos de crise, quando os trabalhadores do estado estão a ser chamados para grandes sacrifícios, a presença do estado torna-se perversa, não só pelas razões que acima apresentei, mas também porque estes gastos favorecem todos os alunos, ricos e pobres….E há alunos que não precisam mesmo deste apoio alimentar!É o estado social em força que chega a toda a gente!Podem falar em solidariedade, mas o país não tem nada de solidário e ninguém pensa nisso!Solidário é aquele que tem muito e abdica em detrimento dos que menos têm!E não vejo nada disso!Se não fosse assim, todos os alunos teriam direito à refeição na cantina, por igual, sem discriminações da folha de rendimentos dos pais?Pode ser esta uma medida que não aquece, nem arrefece, mas representa inteiramente o que é o nosso país e a razão de estarmos neste abismo!

Read Full Post »

Os governantes andaram a dizer que os professores nunca foram avaliados. Introduziram, então, nas escolas, um sistema de avaliação. Depois de tantas inversões de marcha em sucessivos anos…o governo actual concede que os mais experientes professores não necessitam de avaliação…Será que foram estes, os professores que foram progredindo na carreira sem serem avaliados? E o ministro diz que estes têm a experiência! Então só a experiência chega? Mesmo que boa ou má?Muito bem…Deixo a dúvida porque não entendo que se diga que os professores progrediram na carreira sem qualquer critério e agora se premeie os mesmos que progrediram sobre essa mesma falta de critério…Incompreensível, no mínimo!

Read Full Post »

Qual procura?

Uma população envelhecida, mulheres a adiarem a maternidade, filhos trintões a sairem mais tarde da casa dos pais e os censos que nos colocam há anos na barreira dos 10 milhões de habitantes…Mudou alguma coisa? Mudou sim…a procura nas matrículas do 1º ano…São tantas as crianças!!!Acredite quem quiser…seguir uma linha política tão desvirtuada da realidade deixa-me assim um sabor bem amargo…

Procura obriga a fazer turmas com mais alunos.

Read Full Post »

Qual é a lógica?

O descarado retrocesso na educação preparado pelo Bloco Central!As turmas do 1º ciclo passam de  um limite máximo de 24 para 26 alunos…A mítica barreira de 15 alunos por turma do norte europeu passa a ser uma miragem!Mesmo com escolas a cheirar a novo!Desenganem-se…não vão demorar muito a ficarem obsoletas!!!

Se há coisas que me incomodam, na minha área profissional, é que os governantes dêem continuidade àquilo que foi mal feito anteriormente…As medidas tomadas não têm qualquer fundamento pedagógico. Apenas é um argumento economicista!Fechar escolas com a justificação de que as crianças vão aprender melhor, porque vão conviver com mais colegas, vão interagir mais…enfim! Só mesmo quem está de fora deste sistema de educação. Por outro lado, estão a obrigar as crianças a deslocações e a um esforço físico para se levantarem mais cedo e chegarem mais tarde a casa…Mas o pior é que os centros urbanos estão agora a abarrotar, uma sequência destas medidas…E como resolve a tutela? Aumenta o número de alunos por turma no 1º ciclo! Sinceramente…Este é um descarado RETROCESSO!!! 

Já não bastava a questão da avaliação dos professores…enorme tema político e que serve de arma de arremesso em eleições…Agora que todos descobriram que os professores querem mesmo ser avaliados, o argumento que se colhe é, efectivamente, o que foi tantas vezes propalado pelo ex-PM Sócrates: Na tropa há hierarquias, ninguém imagina uma tropa sem os seus comandos! Pois, só que a escola é um ambiente de partilha e colaboração, onde não há chefes como na tropa…Cada professor tem de planificar por si, sabendo que todo o seu trabalho é escrutinado por muita gente! Não me venham com essa!Impedir um excelente professor de progredir na carreira é o suficiente, para mim, para estar contra todo e qualquer modelo que não pense, nem por um segundo, em premiar o seu trabalho! E há que acreditar na capacidade de avaliar…senão, mais vale que ninguém avalie!Para mim, cada professor deve traçar os seus objectivos, mediante determinados parâmetros…E são estes parâmetros que têm de definir quem pode chegar ao excelente…Se eu quero ter a nota de excelente sei que vou ter de produzir e alcançar o que está definido nesses parâmetros. Deixem-se de brincadeiras políticas  e assumam mesmo que a educação é o futuro de Portugal! Por isso é que este ministro me vem deixando desiludido…Esvaiu-se a esperança. Se por um lado se quer dar autonomia às escolas, isto tem que ser feito de maneira a permitir um ar respirável para os professores. A escola tem de ser um espaço de partilha e de colaboração como foi durante muitos anos!

A simples questão de não suspender o mau sistema de avaliação docente em vigor, depois de ter proposto o contrário, depois de, já no governo, dizerem que não havia tempo para elaborar um novo, indo agora apresentar um feito à pressa…são muitas coisas para me deixarem desconfiado!Simplesmente, não acredito que estes políticos queiram mesmo lutar pela justiça, pela transparência…e pela liberdade, de opinião e de atitudes!!!Agora, só desejo que este mau sistema de avaliação docente não traga consequências para a (eterna e congelada) progressão nas carreiras de todos os professores! É que se este sistema fosse bom, claro que não iam trocar por outro!

Read Full Post »

A hiperactividade.

A problemática do diagnóstico da Perturbação de Défice de Atenção e Hiperactividade.

Para quem trabalha na educação, e áreas relacionadas, sabe muito bem que esta problemática ganhou grande relevância nos últimos anos. Hoje, ainda que o diagnóstico não siga um padrão que nos ajude discernir o comportamento da criança, sabemos que é um problema que surge nas sociedades actuais, de forma muito vincada devido a esta globalização das atitudes, do pouco estímulo para a acção e da desmotivação constante pelo reagir, bem como o incentivo para a confrontação das frustrações…Isto por culpa de uma educação muito centrada no  individualismo ( jogos, computadores, telemóveis e tv)!Em suma, as práticas em família, ao ar livre, assim como as deslocações para actividades físicas e culturais, ajudam na construção da personalidade e no estímulo para o pensamento. Quantas vezes não somos interlocutores nas conversas com adultos em que verificamos que eles não estão atentos ao que ouvem?

Mesmo depois de sinalizado o problema, a questão centra-se nas actividades desenvolvidas…O desporto e as práticas culturais são de enorme importância para superar momentos mais complicados. Ficar fechado em casa não ajuda nada…Por isso, nada como ir para uma caminhada em boa companhia para gastar energias e para largar umas valentes gargalhadas.

Read Full Post »

Para os interessados o Ministério da Educação já publicou o calendário escolar para o próximo ano lectivo.

Read Full Post »

Older Posts »